Filipe Silva é um jovem artista natalense que começou sua produção no ano de 2017. Pesquisa e desenvolve produções artísticas visuais no campo da fotografia em torno do cenário cultural alternativo e da juventude urbana potiguar. Já participou da exposição coletiva “Urbanidades” e produziu o projetos autoral “Poti-Underground”. Ultimamente se debruça na documentação do Hip Hop e da cultura do skate. Ele é membro do “Kabore Skate Crew” , coletivo que reúne jovens skatistas, e foi criador e idealizador da roda cultural “Batalha do C4”. No campo das artes visuais, Filipe Silva é integrante do MÓI - Coletivo da Fotografia Emergente Potiguar e  realizou sua formação visual no Margem Hub de Fotografia de 2019 a 2020 nos cursos “Iniciação à fotografia”, “Fotografia Avançada” e “Fotografia Autoral e Narrativa Visual”, oportunidade de potencialização e definição da carreira artística do fotógrafo. Assim, é um jovem artista que propõe um diálogo sobre suas vivências e sua produção fotográfica autoral na atmosfera urbana